Uma pesquisa recente feita na Universidade do Porto, em Portugal, mostrou que os idosos que vivem isolados possuem maior propensão a apresentar problemas de sedentarismo, desnutrição, desidratação e obesidade.

O estudo revela que aproximadamente 44% dos idosos apresentam excesso de peso e 49% tem obesidade, o que é consequência de problemas no balanço energético provindo do hábito de comer mal e praticar menos atividades físicas, condição que está relacionada a sarcopenia, ou seja, a perda de massa e função muscular, comprometendo todas as tarefas do dia a dia do idoso.

Já sobre a desnutrição, a pesquisa mostra que cerca de 15% dos idosos estejam em situação de risco, o que é preocupante, uma vez que a mesma é causada pelo acesso limitado à uma boa alimentação, seja pela incapacidade de preparar as próprias refeições, por problemas financeiros ou locomoção reduzida.

As doenças crônicas também têm grande influência neste fator, uma vez que quanto mais velha for a pessoa, mais patologias são acumuladas, tornando-as mais propensas a terem problemas quanto à alimentação.

Para resolver o problema é preciso tomar medidas que proporcionem condições melhores aos idosos e estímulos para que eles tenham uma vida mais ativa. Por isso criamos a casa de repouso Residencial em Família. Uma Casa de Repouso completa que conta com uma estrutura ampla e proporciona condições favoráveis à saúde dos idosos que aqui residem.

Além de uma equipe multidisciplinar que cuida da saúde de cada hóspede de forma única, temos diversos programas e atividades que incentivam e promovem a socialização e a prática de atividades físicas.

Quer saber mais sobre nós? Entre em contato agora mesmo.

Não se esqueça de curtir nossa página no Facebook para ficar por dentro de tudo o que acontece em nossa Casa de Repouso.