E no clima do mês dos namorados, hoje vamos falar do amor…. Ah… o amor!

Não há nada melhor do que amar e ser amado em qualquer faixa etária da vida, não é mesmo? Afinal, amar e ser amado faz bem para saúde, você sabia?

O contato com filhos e netos é extremamente importante e motivador, mas a relação com um parceiro também pode ajudar na interação social, disposição física e regulação não só do emocional, como também melhora o humor, trazendo felicidade por meio do bem-estar.

Ficar mais velho não quer dizer que temos que esquecer o quanto é gratificante e o quanto precisamos ter alguém para dividir os momentos da vida.

Todo mundo já passou por alguma situação em que o coração bateu mais forte, em que sentiu aquele frio na barriga, e aquela ansiedade com sensação de alegria e nervosismo ao mesmo tempo. E não é nada diferente para quem está na terceira idade, essa é a graça do amor.

O número de pessoas entre os seus 50/60 anos que decidem encontrar um parceiro para compartilhar a vida, está aumentando, mas, existem aqueles que ainda guardam medos e receios para lidar com esse momento – nova fase.

Tenha em mente que relacionamentos são iguais em qualquer idade, os valores não mudam com o tempo. Seja sincero primeiramente com você, e depois com o seu parceiro, esteja seguro de suas intenções e dos seus objetivos. Coisas boas acontecem quando estamos seguros e com a mente aberta.

A hora é agora! Não existe idade certa para ser feliz, nem para amar e ser amado. Só temos uma vida, e só depende de você para que cada momento se torne único e memorável. Se entregue e viva intensamente cada instante!

Envelhecer nada mais é do que ter uma nova perspectiva sobre a vida. Então porque não aproveitar esse novo olhar sobre as coisas, esse conhecimento e toda a essa experiência, para se permitir ser feliz e aproveitar os melhores momentos?

Viva. Ame. Realize.

s22