Há um tempo não falamos sobre Alzheimer no blog, por esta razão, hoje, iremos falar sobre este assunto de suma importância e abordar 5 sintomas que podem levar a doença. Afinal, é sempre bom ficarmos atentos a esses sinais à medida que a idade vai chegando, seja para nós, para entes queridos ou para algum familiar próximo.

O QUE É ALZHEIMER?

É uma doença neuro-degenerativa e, consequentemente, acaba levando ao declínio das funções cognitivas, assim, reduzindo as capacidades de relacionamento social e interferindo indiretamente na personalidade e comportamento da pessoa. Agora, vamos a cinco sintomas que se destacam:

PERDA DE MEMÓRIA

A perda de memória é um dos primeiros indícios do Alzheimer, isso porque a pessoa não consegue se lembrar ou se atentar as coisas simples realizadas no dia-a-dia. Por exemplo: o que almoçou ou jantou, com quem conversou, nome de pessoas que tenha conversado recentemente, se deu banho no animal de estimação, etc.

TROCAR AS COISAS DE LUGAR

Trocar as coisas de lugar é algo muito corriqueiro que acaba acontecendo e não se percebe. Normalmente, quando isso ocorre, existem duas possibilidades: “acusar” outras pessoas de roubar ou esconder seus pertences; acabar deixando os bens em locais impróprios: Por exemplo: Telefone dentro da geladeira.

DESORIENTAÇÃO NO TEMPO E ESPAÇO

A desorientação no tempo e espaço é considerado um dos sintomas mais graves que afeta diretamente uma pessoa, pois a probabilidade de ficar perdido na rua, shoppings e estabelecimentos podem ocorrer, além de não se recordar onde mora, datas comemorativas, estações do ano e diversas situações diárias.

REPETIR DISCURSOS

A repetição frequente de frases, perguntas, palavras ou atividades também é uma das características que levam a doença de Alzheimer. Geralmente, provocado por estresse, pela ansiedade, ou até mesmo para situações de conforto, familiaridade e segurança.

HUMOR ALTERADO

Humor alterado ou agitação exacerbada pode vir a se tornar algo comum e frequente, principalmente devido a ansiedade. Essa agitação acabando resultando nos sentimentos mais diversos como, medo, pressão, fadiga ou confusão.

Por outro lado, essas mudanças bruscas e radicais podem contribuir para uma alteração repentina de humor. Vale ressaltar que independentemente do estado da doença, a pessoa pode passar de um estado tranquilo para um estado de raiva a qualquer momento e sem motivo.

Agora que você já sabe desses indícios, estenda a mão para quem necessite, e claro, fique a vontade para comentar e compartilhar esse assunto importante com seus amigos!