Dúvidas? Ligue para:  11 2476-5134 de 2ª à 6ª das 09:00 às 18:00. (exceto feriados)

Animais de Estimação e os Benefícios Para os Idosos

A presença de animais de estimação em um lar que tenha idosos pode trazer muitos benefícios para a saúde. Além de levarem alegria e qualidade de vida, eles também podem contribuir para o tratamento daqueles que enfrentam problemas com a depressão e ansiedade. 

Doenças essas que estão se intensificando durante esse período de quarentena, por conta do Covid-19

Segundo uma pesquisa realizada pelo Instituto de Pesquisa Médicas Baker na Austrália, os pets são capazes de diminuir o esgotamento físico e mental dos humanos, por meio da liberação de um hormônio chamado serotonina, responsável pelo equilíbrio do sono, humor e sensação de bem estar. 

Por que ter um pet na terceira idade?

A responsabilidade de cuidar de um ser dependente pode despertar ânimo para as atividades diárias. Uma pesquisa realizada pelo National Center for Biotechnology Information, confirmou a melhora na saúde mental e física de idosos que cuidam de algum animal de estimação.

À partir dos 65 anos é recomendado pelos especialistas que o adulto realize algum tipo de exercício físico diariamente para evitar doenças comuns em idosos. 

Os passeios diários com os animais de estimação são capazes de contribuir com essa necessidade física e agrega a possibilidade de promover vida social do dono, vendo que precisará sair de casa para caminhar e encontrar com a vizinhança.

Saúde mental e física

Além de beneficiar a saúde física e prevenir o desenvolvimento de doenças ligadas à isso, foi comprovado que tutores de cachorros e gatos sofrem menos de doenças cardíacas, mentais e motoras.

A companhia e carinho transmitido pelo animal é capaz de elevar a auto estima do idoso, além de preencher o vazio daqueles que vivem sozinhos e consequentemente tem impacto em casos de depressão. 

Adoção de animais

Além de adquirir novos hábitos mais saudáveis, os idosos podem contribuir com o problema do abandono de animais.

Geralmente, os bichos encontrados em campanhas de adoção não são mais filhotes. Mas ao contrário do que a maioria pensa, eles são mais fáceis de se adaptar com o novo dono do que os recém nascidos.

Além disso, não exigem de tantos cuidados como no ínicio da vida e possuem mais disciplina nas brincadeiras e comportamento.

A internet oferece uma infinidade de ongs que realizam esse tipo de trabalho, basta pesquisar e escolher um novo companheiro.

 

Comentários

Deixe um Comentário

XHTML: You can use these tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

RECEBA EM SEU E-MAIL DICAS E INFORMAÇÕES DOS CUIDADORES

São diversos temas e dicas práticas de grande importância, sem custo algum.