Você já parou para pensar quais são os assuntos importantes para abordar com os idosos? Uma forma de se aproximar para um diálogo, e ao mesmo tempo, poder instruí-los sobre como ter uma rotina mais segura, mais saudável. Por esta razão, vamos trazer 5 dicas cruciais para contribuir no bem-estar do seu ente querido, e claro, consequentemente, você também será beneficiado.

Afinal ter idosos dentro da própria casa parece ser uma tarefa simples, mas para quem convive diariamente não é, porém, ao mesmo tempo, não chega a ser um bicho de sete cabeças. Isso porque a correria do dia a dia, muitas vezes acaba deixando detalhes passarem despercebidos, sem contar que pessoas da terceira idade carecem de atenção e alguns cuidados especiais.

ABORDAGEM

Antes das dicas, vamos para o fator determinante, a aproximação, o modo como abordar de forma correta um idoso. Primeiramente é necessário respeitar as características e ter cuidados para não agir de forma em que ele se sinta infantilizado. Toda precaução em relação às palavras a serem escolhidas é fundamental para gerar empatia.
Um outro fator importante é reconhecer o seu grau de intimidade com o idosos. Sim, isso vai influenciar e muito. Até porque ele é um ser humano, e como cada um tem um modo de pensar a vida é indispensável ter essa percepção: caso ele seja extrovertido não há problemas em abordá-lo, mas se ele for mais fechado é interessante um familiar mais próximo e carinhoso.

MORAR SOZINHO OU ACOMPANHADO

Jamais imponha determinada situação. Procure se informar se o idoso prefere permanecer na sua atual residência ou seja a hora de ir morar com algum familiar. O fator determinante é ele se sentir bem e feliz, independentemente de onde ele esteja residindo.

CRIMES E FRAUDES

Não é de agora que ouvimos dizer o quanto os idosos são alvo fáceis para os criminosos nos tradicionais golpes. O que muitas pessoas não sabem é que a terceira idade tem certo receio e vergonha em discutir esse tema, por isso deve ser um hábito corriqueiro para mantê-lo próximo.

ATIVIDADES FÍSICAS

Atividades físicas na terceira idade além de ser bom para a saúde acaba funcionando como uma terapia ocupacional. E o argumento de que “o tempo já passou para praticar atividades” não deve ser levado em consideração, haja visto existirem inúmeros tipos de exercícios para serem realizados, mesmo que seja em uma cadeira.

ADAPTAÇÕES DENTRO DA CASA

Manter a integridade e segurança é primordial. Por isso, é importante realizar adaptações dentro de casa, a fim de manter a convivência do idoso melhor. Evite deixar tapetes, mesinhas, fios e cabos espalhados pelo chão da casa. Realize um tour e reveja as condições que podem ser deslocadas e melhoradas.

O bem-estar do idoso é fundamental, certo? Então, comente e compartilhe essa leitura para manter todos aqueles que queremos bem e saudáveis.