Dúvidas? Ligue para:  11 2476-5134 de 2ª à 6ª das 09:00 às 18:00. (exceto feriados)

Saiba os Sintomas e Como Evitar um AVC

O Acidente Vascular Cerebral atinge um grande número de pessoas em escala mundial, seu índice de sequelas também é bastante alto, vendo que cerca de 70% das pessoas que passam por este trauma não conseguem retornar ao trabalho por conta de invalidez. 

O AVC pode se decorrer de dois casos distintos. Um deles é a redução ou interrupção do suprimento de sangue que vai para o cérebro, ocasionando a falta de oxigênio e nutrientes nas células. Já o outro é causado pelo rompimento dos vasos sanguíneos. 

Mas apesar disso, é possível recuperar as consequências causadas pelo AVC com exercícios de fisioterapia. Realizado por profissionais, esse tipo de tratamento costuma oferecer resultados efetivos para a maioria dos pacientes. 

Tipos de AVC Acidente vascular cerebral isquêmico

Esse tipo é causado pela obstrução ou redução do fluxo sanguíneo nas artérias cerebrais. Essa falta de circulação pode ocasionar diversas lesões, já que as células dessa região acabam morrendo por falta de oxigênio. Essa obstrução pode ser causada por um trombo ou um êmbolo. 

Acidente vascular cerebral hemorrágico

Este caso é totalmente o oposto do anterior. O avc hemorrágico é o mais comum entre os pacientes e se deve ao rompimento de um vaso cerebral, causando sangramento em algum ponto do sistema nervoso. 

Causas do AVC

AVC hemorrágico

A hemorragia cerebral pode ser causada por diversos fatores, sendo eles hipertensão arterial, inflamação nos vasos sanguíneos, distúrbios de coagulação no sangue, ferimentos na cabeça ou pescoço, tratamento com radiação para o câncer, arritmias cardíacas, insuficiência cardíaca e outros. 

AVC isquêmico

Assim como o anterior, esse tipo de AVC também é provocado por diversos fatores e até mesmo decorrido de outros problemas de saúde, são eles aterosclerose, formação de trombos e inflamações. 

Como diminuir o risco de ter um AVC

É possível evitar o AVC com a mudança de hábitos e cuidados com a saúde, isso inclui a prática de exercícios físicos e boa alimentação, que podem ser bons aliados contra o trauma cerebral. 

Mas para que esses hábitos sejam efetivos, é necessário que o paciente cuide de outros fatores que costumam desencadear o avc, sendo eles o tabagismo, alcoolismo, dependência de drogas e problemas de saúde como colesterol alto, diabetes, doenças cardíacas e obesidade. 

Comentários

Deixe um Comentário

XHTML: You can use these tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

RECEBA EM SEU E-MAIL DICAS E INFORMAÇÕES DOS CUIDADORES

São diversos temas e dicas práticas de grande importância, sem custo algum.