Dúvidas? Ligue para:  11 2476-5134 de 2ª à 6ª das 09:00 às 18:00. (exceto feriados)

Profissão de Cuidador de Idoso Tem Regulamentação Aprovada

A população de idosos em nosso país está crescendo cada vez mais. Segundo os dados mais recentes do IBGE, até o ano de 2050 a quantidade de pessoas da terceira idade na sociedade será três vezes maior.

Diante disso, os cuidadores de idosos serão ainda mais necessários no futuro próximo. E a boa notícia é que este ano a profissão foi finalmente regulamentada e no post de hoje você confere mais informações sobre essa regulamentação. Boa leitura!

Cuidador de idoso

Antes de explicar acerca da regulamentação da profissão de cuidador de idoso, vamos explicar o que faz exatamente este profissional.

Qual é a função de um cuidador de idoso?

A função de um cuidador de idosos varia muito de acordo com o estilo de vida e estado de saúde que o idoso tem. O profissional que trabalha nesta área e responsável por ajudar na saúde, na segurança e cuidar do bem-estar dos idosos.

A seguir confira as principais tarefas de um cuidador de idosos:

  • Ajudar o idoso em sua higiene pessoal, ou seja, dando banho, escovando seus dentes e o auxiliar em suas necessidades fisiológicas;
  • Fazer companhia ao idoso, oferecendo atividades que o mantenha entretido e promova a sensação de bem-estar e alegria, além de incentivar atividades que o ajudem a se movimentar;
  • Ser responsável pelas medicações necessárias para o idoso e sua dosagem na hora e dia certos;
  • Cuidar do ambiente onde o idoso fica, mantendo-o limpo e organizado;
  • Ficar atento a tudo o que o idoso faz para garantir seu bem-estar;

Características

Confira as principais características que um cuidador de idosos deve ter para garantir sucesso em sua profissão:

  • Paciência;
  • Empatia;
  • Atenção;
  • Carinho;
  • Responsabilidade.

Regulamentação da profissão

Este mês o senado aprovou o Projeto de Lei 284/2011, que regulamenta devidamente a profissão de cuidador de idosos.

Sendo assim, para atuar nessa área, agora é preciso ter no mínimo 18 anos, possuir ensino fundamental completo, além de um curso de qualificação para atuar nessa profissão, que seja feito em uma instituição de ensino devidamente reconhecida pelo MEC (Ministério da Educação).

O texto foi aprovado pela Comissão dos Assuntos Sociais, sem a necessidade de votação no plenário.

Segundo o projeto, o cuidador de idoso deve ter respeito, compaixão e paciência com o idoso, essa deverá ser a pauta de sua profissão.

Além disso, no texto também consta que o cuidador poderá ser responsável pela administração dos medicamentos, desde que sejam devidamente autorizados pelo profissional de saúde habilitado.

O cuidador de idosos poderá atuar em casas de repouso, instituições de longa permanência, eventos culturais/sociais e hospitais. Se o profissional desejar trabalhar em residências, o contrato de trabalho deve seguir as regras de contrato para empregados domésticos.          

Na opinião do senador Waldemir Moka (PMDB-MS), até o ano de 2050 haverá mais de 163 milhões de idosos, ou seja, são 172 idosos para cada 100 jovens, por isso a exigência urgente da regulamentação da profissão de cuidador de idosos!

Comentários

Deixe um Comentário

XHTML: You can use these tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

RECEBA EM SEU E-MAIL DICAS E INFORMAÇÕES DOS CUIDADORES

São diversos temas e dicas práticas de grande importância, sem custo algum.