Dúvidas? Ligue para:  11 3477-4631 de 2ª à 6ª das 09:00 às 18:00. (exceto feriados)

Desempenho Cognitivo: 5 Dicas Para Estimulá-lo da Melhor Forma

Estimular diferentes habilidades ao longo da vida é muito importante, pois gera reserva cognitiva, que protege o organismo em situações adversas do envelhecimento.

Por isso, é sempre importante consultar um especialista caso o familiar apresente prejuízos de atenção, memória e funcionalidade, por exemplo.

Há estratégias de habilitação e reabilitação cognitiva que utilizam diferentes atividades para ativar circuitarias cerebrais. Profissionais da área saberão indicar e direcionar tais tarefas de forma segura, de acordo com necessidades e objetos de tratamentos.

Exercitar o cérebro é importante para oferecer uma qualidade de vida melhor à pessoa que está passando pelo processo de envelhecimento patológico, ajudando-a a se manter o mais autônoma possível.

Confira 5 exercícios que estimulam a inteligência intelectual do idoso.

Jogos  

Um bom recurso utilizado para exercitar a mente dos idosos são os jogos, vendo que exige organização e assimilação de etapas.

Sendo assim, vale buscar jogos do interesse do idoso, com temas adultos, adaptando e graduando peças e regras quando necessário, e promovendo seu uso em grupo ou individualmente.

Leitura e Escrita 

Incentivar o idoso a praticar a leitura e escrita pode ser um ótimo exercício para motricidade e cognição. A atividade pode ser desenvolvida por meio resgates de temas de interesse, reprodução e criação de textos que podem até  ter valor afetivo agregado ao virarem cartas oferecidas para amigos e familiares.

Além de contribuir para o seu bem estar, pode incentivá-lo a descobrir novos hobbies.

Materiais Artísticos 

A concentração e organização de projetos também podem ser trabalhada por meio de técnicas artesanais de interesse do idoso. É possível adaptar materiais e técnicas para contemplar o acesso ao exercício.

No contexto terapêutico é valorizado  o processo e não o produto final. É comum vermos agregado o valor afetivo e auto estima na conclusão de um projeto que pode se tornar presente para um ente querido.

Alimentação 

A alimentação é um dos principais elementos para manter não só o cérebro, mas todo o corpo saudável e ativo. Sabe-se que hábitos alimentares saudáveis ao longo da vida, também contribuem para um envelhecimento melhor. Garanta sempre alimentos ricos em fibras e minerais, boas proteínas e hidratação.

Atividades físicas

Praticar exercícios ajuda a melhorar a resistência física e a disposição para atividades do dia a dia, promovendo maior autonomia.

Além disso, o exercício também ajuda a reduzir fadiga, cansaços crônicos, melhora o desempenho cardiovascular, cognitivo, qualidade do sono e há indícios de que reduz a progressão de algumas doenças, como exemplo, o Parkinson.

 

Comentários

Deixe um Comentário

XHTML: You can use these tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

RECEBA EM SEU E-MAIL DICAS E INFORMAÇÕES DOS CUIDADORES

São diversos temas e dicas práticas de grande importância, sem custo algum.