Não importa a idade

Terceira idade, idade da sabedoria e da experiência!

Vida que merece ser vivida,

Não importa a idade.

Terceira idade, vida que merece ser bem vivida, curtida.

Vida que merece respeito, carinho e atenção

De todos que um dia, também lá, chegarão.

Vida que exige família, renda, saúde e educação.

Moradia, ocupação e diversão.

Com Deus sempre presente em cada coração

Para que a vida seja vivida com dignidade e satisfação.

Terceira idade, porque não aceitá-la?

Por que não enfrentá-la?

Por que deixá-la passar se cada estação da vida

Tem o seu perfume, o seu encanto

E a sua luz que faz a vida brilhar?

É preciso ter sempre consigo a esperança

E a vontade de lutar

Pelo direito à vida, que é sagrado, mas que é necessário conquistar.

Terceira idade, vida que merece respeito, carinho e atenção

De todos que um dia, também lá, chegarão.

Precisamos, pois, sensibilizar com mais fervor

Família, poderes públicos e sociedade para que entendam

Que não basta fazer leis, se na prática, esquecem de aplicar.

Que não basta falar de amor, solidariedade e atenção

Se os que estão na terceira idade,

Ainda sofrem o peso da discriminação,

Do desrespeito e o não reconhecimento do seu valor

Como gente, cidadão.

Não importa a idade,

Cada estação da vida merece ser vivida com dignidade

E satisfação.

Terceira idade, caminhemos de mãos dadas

Envolvendo crianças, jovens e adultos,

Família, poderes públicos e sociedade

Buscando construir coletivamente

O sonho de uma realidade,

Para que a pessoa idosa seja vista como gente

E não como um fardo a ser carregado.

Seja vista como cidadã que pensa e pode ser útil e competente

Se a sua vida for com dignidade preservada.

Terceira idade, vida que merece ser vivida, não importa a idade.

(Liduina Felipe de Mendonça Fernandes)