Dúvidas? Ligue para:  11 2476-5134 de 2ª à 6ª das 09:00 às 18:00. (exceto feriados)

POEMA: MATURIDADE

MATURIDADE

Foi-se o tempo da mocidade…

Vejo a mim mesma: teria a criatura

se tornado uma reles caricatura,

ao atingir a plena maturidade?

 

Devo apenas viver de saudade

prantear só tristeza e amargura,

manter de um alquebrado a postura,

vivendo ao largo, longe da humanidade?

 

Recuso-me a este enredo pertencer!

Na história da minha vida errante

este será o capítulo mais vibrante.

 

Quero ainda crer, proclamar vitórias

ser amada e viver muitas glórias,

na sabedoria que o tempo me conceder.

(Giulia Dummont)

Comentários

Deixe um Comentário

XHTML: You can use these tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

RECEBA EM SEU E-MAIL DICAS E INFORMAÇÕES DOS CUIDADORES

São diversos temas e dicas práticas de grande importância, sem custo algum.