O uso de celulares pela população idosa tem aumentado consideravelmente nos últimos anos. Em 2015, 56% da população brasileira com idade superior a 60 anos possuía pelo menos um telefone celular, um número que triplicou desde 2005. Embora muitas pessoas tenham facilidade para se adaptar às novas tecnologias, para muitos o celular ainda é um “bicho-de-sete-cabeças”, como acontece no caso de pessoas idosas.

Felizmente sempre existirão aplicativos para desmistificar isso e provar que um celular pode na verdade, ser um aliado quando se trata de segurança. Aplicativos de celular podem ajudar a resolver problemas de acessibilidade, assim como aumentar a conectividade do usuário e também prover entretenimento. Nós reunimos aqui alguns dos melhores apps para a terceira idade aproveitar ao máximo seus smartphones.

Apps para acessibilidade

Enquanto a interface de usuário do iPhone é frequentemente elogiada por ser mais simples, o sistema Android é um pouco mais complicado de lidar. Isso pode ser um problema para pessoas que não estejam acostumadas a usar smartphones ou que possuam problemas relacionados à visão. O aplicativo iDosos tenta resolver esses problemas provendo tutoriais interativos para explicar as funções básicas de um smartphone. Ele utiliza emojis para ensinar a fazer ligações, escrever mensagens, gerenciar os alarmes do celular e também dispõe de narração em áudio para o passo-a-passo.

Caso tutoriais não sejam suficientes, é possível ainda simplificar a interface das telas do celular usando Phonotto, que além de aumentar o tamanho dos ícones, também aplica cores chamativas para fácil memorização. O aplicativo torna o uso do celular muito menos estressante por ser intuitivo e acessível.

Soluções para melhorar a acessibilidade dos idosos, não só no âmbito da tecnologia mas também no aspecto social, podem ser encontradas em forma de cartilhas informativas, como o app Cartilha do Idoso que dispõe de orientações sobre benefícios sociais e aposentadoria, informando a população idosa sobre seus direitos. Além disso ele alerta quanto ao perigo de empréstimos consignados e sobre como agir em situações de discriminação.

  • iDosos: disponível para Android em versão gratuita
  • Phonotto: disponível para Android em versão gratuita
  • Cartilha do Idoso: disponível paraAndroid em versão gratuita

Memória

A perda de memória pode ser algo comum no processo de envelhecimento, e a tecnologia está à disposição para ajudar a reduzir o impacto dos lapsos de memória quando se trata de saúde.

Com mais de um quarto dos medicamentos sendo prescritos para idosos, que representam apenas 10% da população brasileira, MyTherapy é uma ferramenta eficaz em assegurar que comprimidos, tabletes e injeções sejam ingeridos corretamente. Lembretes para medicamentos podem ser programados seguindo planos de tratamento específicos e individuais, não importa quão complexos eles sejam. O app imediatamente notifica o usuário quando chega a hora de tomar seus remédios. Além de lembrar dos medicamentos, outras funcionalidades como notificações para atividades físicas e gerenciamento de sintomas com emissão de relatórios de saúde fazem do MyTherapy um excelente instrumento de controle para a saúde da terceira idade.

Além de auxiliar a população idosa a garantir uma saúde de ferro, os apps podem por exemplo, aliviar o fardo de ter que lembrar onde o carro está estacionado. Uma série de aplicativos dispõe de localizadores via GPS que registram o local de estacionamento e, depois, guiam o usuário novamente ao local. Destes, Onde Parei? Para Android é uma opção simples e eficiente, que permite gravar a localização do carro em um mapa para ser acessado logo depois. Já para iPhone, há o parqd, que traz a possibilidade de programar o tempo, e após um período determinado, lembrar o usuário de ir buscar seu carro. O aplicativo possui também um radar de realidade aumentada que aponta a direção do veículo e possibilita ao usuário tirar fotos e fazer anotações sobre o local.

Quanto mais uma pessoa utiliza um smartphone, independente da idade, maior a probabilidade de ela ser forçada a adquirir senhas. Muitas senhas acabam exigindo diferentes combinações de letras com números, caracteres especiais e até letras maiúsculas e minúsculas. E por questões de segurança não é possível por exemplo, usar datas ou senhas repetidas por serem fáceis demais de adivinhar. Isso pode fazer com que lembrar delas seja praticamente impossível, e pode facilmente desencorajar pessoas mais velhas a usar um smartphone. No entanto, existe uma forma de resolver esse problema, por meio de softwares gerenciadores de senhas. Um dos melhores é 1password, que reúne todas as informações de senha encriptadas em um local só, e permite que o usuário acesse-as a qualquer momento por meio de uma senha de desbloqueio geral, ou mesmo pelo reconhecimento da sua digital. É possível gravar dados de cartão de crédito, códigos e informações pessoais, e toda a informação pode ser bloqueada em caso de roubo do celular. O aplicativo requere registro no site e também dispõe de opções familiares, permitindo o compartilhamento de dados entre todos.

Segurança

Enquanto 1Password pode oferecer segurança para a terceira idade no mundo online, outros aplicativos previnem situações que ofereçam riscos à saúde e integridade física dos usuários. Fone Fácil (Elite) é um app que, além de promover acessibilidade no uso de celulares para deficientes auditivos e visuais e também idosos, é programado com um botão de pânico configurável para um contato específico. Uma vez pressionado o botão, o telefone automaticamente disca o número definido e envia uma mensagem solicitando ajuda. A ferramenta se revela extremamente útil para idosos que vivem sozinhos ou que precisam de acompanhamento frequente.

Outro aplicativo simples, mas salvador de vidas é o Estou Bem, que avisa aos familiares o que o usuário está fazendo no momento. Ele requere que, tanto a família como o usuário criem uma conta no aplicativo, e então o “emissor” das mensagens pode começar a usar as funções, que envolvem o registro de diferentes status como “Estou Bem”, “Vou Sair” ou “Ligar Urgente” em um layout colorido e com ícones grandes para facilitar o clique.

  • Fone Fácil (Elite): grátis para Android
  • Estou Bem: grátis para iOS e Android

Entretenimento

De todos os benefícios que um smartphone pode oferecer, a cereja do bolo é a sua habilidade de entreter o usuário. Podcast Rádio Música contém livros em áudio, streaming de músicas e uma biblioteca com mais de 300.000 podcasts disponíveis de forma gratuita. Este aplicativo é um recurso perfeito para idosos que gostem de ler, mas que possuam alguma dificuldade visual.

Para aqueles que sentem falta das canções que embalavam suas noites de juventude e gostariam de reviver esses momentos, Rádio Saudade é uma das melhores opções, pois dispõe de 53 estações de rádio americanas com algumas das músicas mais famosas dos anos 50, 60 e 70. De Rock e jazz até românticas e dançantes, diversos estilos prontos para matar a saudade e totalmente de graça.

Além dos programas de radio clássicos, Apple e Google ambos possuem um catálogo imenso de músicas, que podem ser rodadas nos seus apps nativos, Apple Music e Google Play Music. Ambos dispõe de coleções inteiras de produções clássicas e canções de décadas atrás. As músicas podem ser ouvidas online ou baixadas para uso offline. É perfeito!

  • Podcast Rádio Música – CastBox: grátis para Android
  • Rádio Saudade: grátis para iOS e Android
  • Google Play Music: Aplicativo instalado por padrão. Opções de assinatura disponíveis em play.google.com
  • Apple Music: Aplicativo instalado por padrão. Opções de assinatura disponíveis em apple.com