Dúvidas? Ligue para:  11 2476-5134 de 2ª à 6ª das 09:00 às 18:00. (exceto feriados)

Calendário de Vacinação: Qual a Sua Importância?

Todo início de ano é recomendado que idosos confiram o calendário de vacinação. E agora que vivenciamos um cenário de pandemia, estar imunizado se torna ainda mais importante e a prevenção contra contaminações deve ganhar atenção. 

Por mais que a vacina de prevenção ao Covid-19 ainda não tenha sido encontrada, se manter protegido contra os demais vírus pode manter a imunidade em bom estado, para então prevenir ou combater o novo Coronavírus. 

Neste momento, todo o cuidado possível deve ser  tomado com os idoso.  Fazem parte do grupo de risco por possuírem uma redução natural da resposta imune, menor força dos músculos respiratórios, capacidade de limpeza do sistema respiratório e eficiência das trocas gasosas.

Tal ainda se agrava caso apresente outras comorbidades como diabetes e hipertensão.

Pensando nisso, separamos as principais vacinas que devem ser tomadas por idosos.

Por que é importante a vacinação na Terceira Idade?

Por serem destinadas a imunizar o organismo contra diversos tipos de vírus e bactérias, a produção da vacina leva em sua composição microrganismos enfraquecidos da própria doença. Esse tipo de aplicação é capaz de produzir anticorpos a fim de combater a patologia em questão. 

Quais vacinas são importantes para o idoso?

Dentre tantos tipos de vacinas disponíveis para a imunização, oito são essenciais para o grupo de idosos. São elas:

  • Gripe: Deve ser tomada uma vez ao ano e age contra pneumonias e ao vírus do tipo influenza.
  • Pneumonia Pneumocócica: Responsável pela prevenção de infecções provocadas pela bactéria Streptococcus pneumoniae, causadora da pneumonia, a vacina deve ser tomada em três doses. A proteção também se estende  a meningite e a bacteremia.
  • Tétano e Difteria: Essas doenças são infecciosas e podem levar a morte. Por isso, a dose desta vacina deve ser tomada de 10 em 10 anos.
  • Hepatite: A vacina pode ser combinada entre a hepatite A e B, ou então só contra a hepatite B. Sua aplicação é feita em 3 doses. 
  • Meningite Meningocócica: Aplicada em dose única, a vacina combate a bactéria Neisseria meningitidis.
  • Febre Amarela: Sua dose é única para toda a vida, porém, impõe restrições aqueles que possuem alergia a ovo, imunidade reduzida, diabetes, com HIV ou tomando medicamentos imunossupressores, radioterápicos ou quimioterápicos.
  • Tríplice Viral: Desenvolvida para proteger contra caxumba, rubéola e sarampo, a vacina deve ser tomada apenas duas vezes ao longo da vida.
 

Comentários

Deixe um Comentário

XHTML: You can use these tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

RECEBA EM SEU E-MAIL DICAS E INFORMAÇÕES DOS CUIDADORES

São diversos temas e dicas práticas de grande importância, sem custo algum.