Dúvidas? Ligue para:  11 2476-5134 de 2ª à 6ª das 09:00 às 18:00. (exceto feriados)

Conheça os Benefícios da Aromaterapia Para a Terceira Idade

Você sabe quais são os benefícios da aromaterapia para a terceira idade? Se não, então é hora de aprender. 

Afinal, a aromaterapia pode se tornar cada vez mais importante em sua vida, conforme a população brasileira for envelhecendo e for necessitando mais e mais da aplicação de óleos essenciais em difusores para tratar problemas de todos os tipos.

A expectativa, por exemplo, é que o Brasil tenha a 5ª população mais idosa do mundo em 2030.

Por isso, será vital entender quais são os benefícios da aromaterapia para a terceira idade, já que grande parte da população nesse período precisará desse tipo de recurso.

Porém, no que exatamente a aromaterapia é útil? Se você não sabe, conheça abaixo quais são os benefícios da aromaterapia para a terceira idade!

Quais são os benefícios da aromaterapia para a terceira idade?

1. Menos ansiedade e depressão

Um dos principais benefícios da aromaterapia é que ela pode trazer alívio emocional para certos problemas que as pessoas na terceira idade desenvolvem.

Por exemplo, não é raro que idosos acabem com problemas como ansiedade e depressão por causa de suas condições.

Pode ser o fato de terem que ficar isolados em casa por conta da quarentena causada pelo novo coronavírus, pode ser o fato de não conseguir ouvir direito ou não ter o mesmo contato com os filhos. Há diversos fatores.

Seja como for, é normal que idosos fiquem com problemas emocionais como a ansiedade e a depressão. E a aromaterapia pode ajudar nisso, conforme comprovou a Universidade de Hong Kong.

De acordo com o estudo feito pela instituição, o uso de certos óleos essenciais em difusores pode reduzir significativamente as emoções negativas que os idosos sentem.

O estudo foi feito com os óleos essenciais de lavanda e bergamota, por isso pode ser interessante testá-los em casa.

2. Alívio para dores

A vida de uma pessoa na terceira idade é cheia de dores. Infelizmente, isso é normal. Conforme envelhecemos, nosso corpo vai perdendo resistência, os músculos não são mais os mesmos e nem os nervos. Por isso, sentimos mais dores.

No entanto, é possível aliviar um pouco dessas dores crônicas com a aromaterapia.

É claro que o ideal é passar por um tratamento completo designado por médicos e fisioterapeutas. Porém, a aromaterapia pode ser um bom complemento que ajuda a combater ou, no mínimo, minimizar essas dores.

Quem se destaca nisso é o óleo essencial de gengibre, que conta com agentes anti-inflamatórios e analgésicos.

Por isso, ele pode ser aplicado tanto em uma massagem, por exemplo, como através da aromaterapia com o uso de difusores.

3. Ajuda contra o Alzheimer

Um medo comum das pessoas que envelhecem é sofrer do Mal de Alzheimer. Afinal, ele afeta uma parte muito sensível da nossa vida, que são as nossas funções cognitivas, incluindo nossa memória e nossa atenção.

Por causa disso, sofrer com esse mal é como perder a consciência da própria existência e esse sentimento é muito confuso e prejudicial.

Segundo uma pesquisa científica, algumas substâncias em óleos essenciais podem ajudar a melhorar as funções cognitivas das pessoas.

É claro que isso por si só não é uma cura do Alzheimer, mas pode ser uma maneira de aliviar os sintomas mais comuns e garantir um pouco de conforto para quem sofre do mal.

Os óleos essenciais mais ligados com o desenvolvimento das atividades cognitivas são o de lavanda, o de sálvia e o de petitgrain. Eles podem ser usados em difusores, em banhos, em massagem e em escalda-pés.

4. Regula a pressão

Um dos problemas mais comuns para quem está na terceira idade é controlar a pressão arterial. Para alguns, o problema é que a pressão é muito baixa. Já para outros, o problema pode ser o oposto: ter a pressão muito alta.

Seja como for, é possível regular essa questão com o uso de certos óleos essenciais no dia a dia.

É claro que os óleos são apenas elementos que ajudam a resolver o problema no momento, mas não tratam da causa.

Por isso, é importante que haja um tratamento médico para resolver a raiz da questão antes que ela se transforme em algo mais grave.

Normalmente, o óleo essencial de alecrim é usado para ajudar quem tem pressão baixa. Tanto uma inalação, quanto uma aplicação de uma gota nos pulsos, é o suficiente para ajudar a regular a pressão arterial.

Já quem sofre com hipertensão deve usar outro óleo, o de Ylang Ylang. Ele tem efeito oposto: é calmante e relaxante, o que ajuda a reduzir bastante a hipertensão, além de dores de cabeça, ansiedades e mais.

E então, aprendeu quais são os benefícios da aromaterapia para a terceira idade?

Agora é só entender como usar a aromaterapia para criar bons ambientes em sua casa, de modo a melhorar a vida dos idosos que moram com você e trazer mais conforto e qualidade de vida quando for a sua vez de precisar desse tipo de recurso.

Gostou do conteúdo? Então compartilhe-o nas redes sociais para que mais pessoas vejam!

Comentários

Deixe um Comentário

XHTML: You can use these tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

RECEBA EM SEU E-MAIL DICAS E INFORMAÇÕES DOS CUIDADORES

São diversos temas e dicas práticas de grande importância, sem custo algum.