Dúvidas? Ligue para:  11 2476-5134 de 2ª à 6ª das 09:00 às 18:00. (exceto feriados)

Sarcopenia: Saiba Como Prevenir Esse Problema

A sarcopenia é uma doença cada vez mais comum em idosos, e  causam diminuição da qualidade de vida do paciente, visto que contribuem para o aumento no risco de fraturas e hospitalizações recorrentes.

Seu surgimento pode ser causado por doenças que deixam o paciente debilitado, mudanças hormonais e fisiológicas, sedentarismo e também a má alimentação.

Segundo a Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia, aproximadamente 15% dos idosos com mais de 60 anos desenvolvem a sarcopenia, podendo elevar esse índice em 30% depois dos 80 anos.

No entanto o problema não está ligado apenas ao processo de envelhecimento. Doenças como câncer, processos infecciosos graves e traumatismos também aceleram o processo da perda de massa muscular.

Quais são os sinais de sarcopenia?

A perda de massa muscular pode demorar a ser percebida, vendo que, os músculos perdidos são substituídos por gordura. Assim, a sarcopenia muitas vezes não é perceptível fisicamente, mas sim durante a realização de atividades. Alguns dos sintomas são:

  • Dificuldades para realizar atividades diárias, como subir escadas e carregar compras;

  • Fadiga excessiva;
  • Desequilíbrio ao andar; 
  • Quedas constantes, geralmente causadas em uma fase já avançada da doença.

Como prevenir a sarcopenia?

A prática de exercícios e uma alimentação saudável com o acompanhamento de profissionais é uma ótima maneira de prevenir ou minimizar a perda muscular na terceira idade. 

Exercícios que fortalecem a musculatura são sempre os mais recomendados e para a alimentação, o melhor são alimentos ricos em proteínas, como frango, queijo, carne de vaca, carne de soja, quinoa, tofu e feijão.

Já para os pacientes com limitações ou que estejam internados, o melhor é a prática das fisioterapias.

Como diagnosticar e tratar a sarcopenia?

É comum que os especialistas realizem o diagnóstico por meio de uma tomografia, geralmente feita na área das pernas ou do abdômen. Também é comum exames de  densitometria, ressonância magnética e ultrassom.

O tratamento para a sarcopenia pode durar meses ou anos, tudo depende do desenvolvimento muscular do paciente. O recomendado é que os exercícios e alimentação, prescritos por profissionais, sejam monitorados e ajustados conforme a necessidade de ganho e manutenção de massa muscular de cada paciente.

Comentários

Deixe um Comentário

XHTML: You can use these tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

RECEBA EM SEU E-MAIL DICAS E INFORMAÇÕES DOS CUIDADORES

São diversos temas e dicas práticas de grande importância, sem custo algum.